SEO é Grátis? Quanto antes souber a verdade melhor. Veja agora!

Como Prospectar Clientes Dicas e estratégias para acelerar suas vendas
Como Prospectar Clientes: Dicas e estratégias para acelerar suas vendas
14 de dezembro de 2018
Redator Freelancer para blogs
Redator freelancer para blogs: Descubra agora como e onde contratar
17 de janeiro de 2019
SEO é Grátis

A falsa ideia de que SEO é Grátis foi disseminada no mercado na época em que era simples otimizar um site. Há alguns anos atrás, bastava comprar um domínio com uma Palavra-Chave relevante e repeti-la diversas vezes ao longo do site para garantir a primeira posição nas buscas.

Passaram-se os anos e muitos sites foram desaparecendo com as atualizações feitas pelos buscadores, porém ainda é possível encontrar sites sobreviventes que surfaram essa onda e conseguiram faturar muito dinheiro no passado. Uma pista para identificá-los é verificar o nome e a idade de seus domínios!

O fato é que eles ainda existem, apenas por que conseguiram se adaptar as mudanças e investiram em sua estrutura. Isso mesmo eu você leu, eles investiram!

Lembra deste ditado?

“Tudo que é fácil demais o Santo desconfia”

Sinto muito, mas trago verdades! Se você deseja continuar se iludindo com conteúdos que só massageiam seu ego e lhe vendem promessas absurdas, não perca seu tempo lendo o resto deste post. Mas se deseja se precaver desse mito, responsável pela frustração de grandes empreendedores Digitais, então fique comigo até o final.

Neste artigo mostrarei o porquê você deve urgentemente tirar esse pensamento de que não precisa gastar nada com SEO e vou apontar um caminho para que você comece seguir a partir de hoje e transforme seu site em uma máquina de posicionamento. Vamos começar!

Este é o motivo de você ter se convencido de que não precisa investir em SEO

A moda do “Grátis, porém limitado” tem influenciado as pessoas a construírem a ilusão de que podem competir com grandes portais e profissionais de conteúdo, especializados em Marketing Digital.

Falo sobre os diversos cursos e ferramentas milagrosas que vemos por aí.

Não tenho nada contra você iniciar seus estudos por materiais e ferramentas de degustação. Você só não pode esquecer que elas são de degustação.

Sim, são versões limitadas de um conhecimento muito maior e mais profundo que lhe permitirá explorar as possibilidades e recursos que talvez você não descobriria sozinho.

Não estou dizendo que você deve sair comprando todo o conteúdo e ferramenta que ver por aí, apenas que precisa ter consciência que o buraco geralmente é bem mais fundo do que as pessoas mostram.

Esse é o primeiro passo para começar a enxergar o valor da energia e do tempo que você pode está queimando na esperança de aparecer na primeira posição do Google. Negligenciar a verdade fará com que você também pague um preço bem. Quer saber qual? 

Qual pode ser o preço de não fazer SEO?

Segundo o relatório SEO Trends 2018, realizado pela Rock Content, 32,1% das empresas brasileiras participantes declararam não executarem estratégias de SEO em seu negócio.

Esta é uma boa e má notícia!

A boa notícia é que muitas Empresas ainda nem sabem o que é ou como fazer SEO, o que é uma vantagem para os que já estão praticando.

Existem mercados e nichos aonde o SEO ainda não chegou, mas você só conseguirá encontrá-los se aprofundar nas técnicas e descobrir as brechas inexploradas.

A má notícia é que o mercado, de modo geral, está se aprimorando a cada dia, cada vez mais os negócios digitais estão elevando o nível dos seus projetos.

Não investir em capacitação e na construção de uma estratégia de otimização fará com que você vá com paus e pedras para uma briga de mísseis e aviões.

No final das contas, o preço que se paga é o de ficar refém dos anúncios pagos e de conversões muitas vezes difíceis de calibrar.  

Os anúncios pagos são técnicas de curto prazo que dependem exclusivamente da injeção constante de dinheiro. Se cessado o investimento, seu site pára de receber visitas na mesma hora e sua empresa pode falir em uma semana.

Com tráfego orgânico não acontece isso, mesmo que você pare de produzir conteúdo, seu site ainda pode continuar aumentando a quantidade de visitas. Vale aqui a seguinte reflexão:

“Nunca deixe seus ovos dentro de uma cesta só!”

Esse ditado você também deve conhecer, só se esquece de aplicá-lo, num é! Manter um equilíbrio entre as estratégias de tráfego de curto e longo prazo é o segredo para garantir a tão sonhada virada de chave que se ouve por aí. 

Se otimizar um site fosse simples e gratuito o Google estaria em crise agora

Um dos motivos de existir o mercado de anúncios do Google ADS, antigo Adwords, é por que só há 10 posições orgânicas na primeira página. Não entendeu? Vou explicar de outra maneira então!

Isso quer dizer que, não tem espaço para amadores amigo! Você precisa saber o que está fazendo para prever os resultados que deseja colher.

Por outro lado, imagine se todo mundo que investi em mídia paga soubesse fazer SEO, talvez eles não pagariam para aparecer na primeira página e o Google teria que ganhar dinheiro de outra maneira. Já pensou nisso?

Segundo o próprio Google, sua principal missão é:

“Nossa missão é organizar as informações do mundo para que sejam universalmente acessíveis e úteis para todos”

Para fazer isso ele dispõe de um algoritmo extremamente complexo que avalia a relevância de cada site, para um determinado assunto, e o compara com todos os outros que, segundo ele, estão na mesma categoria.

Baseado em diversos critérios, o buscador decide quais sites possuem a melhor resposta a ser apresentada ao usuário.

Menos de 5% das pessoas que realizam alguma pesquisa estão dispostas a ir além da primeira página do Google. Esse é um indicativo de que o Google é muito bom em oferecer as melhores escolhas ao visitante. Ou seja, ele já está cumprindo bem sua missão!

A cada dia que passa ele fica ainda melhor, por esse motivo é importante aprender o quanto antes a regra do jogo e saber dançar conforme a música. Se você está lendo até aqui, você já está no caminho certo.

Assim que você dominar e começar a aplicar o SEO da maneira correta, garantirá estabilidade e independência ao seu negócio. E se você ainda acha que o dinheiro será o suficiente, então no próximo tópico lhe farei refletir um pouco!

A questão nem sempre é quanto, mas o que você irá investir

Tempo-é-dinheiro-Por-isso-SEO-não-é-Grátis

É óbvio que o dinheiro é parte fundamental no processo, mas só ele não é o suficiente. Você precisa ter consciência do que precisa ser feito, mesmo que você não vá fazê-lo. Isso vai garantir que seu navio sempre esteja no rumo correto.

Seu investimento financeiro em um projeto de SEO irá variar, mas nunca será zero. Acredite, ainda que você não tire um real do bolso, nada sairá de graça!

Além do investimento financeiro você precisará dispor uma grande quantia de tempo para realizar as tarefas necessárias. Sim amigo, pode tratar de arregaçar as mangas que tem muito trabalho a ser feito!

Caso você resolva se aventurar a executar todas as etapas do projeto, deve ficar claro que precisará:

  • Aprender o que você deve ou não fazer (Um bom curso irá encurtar este caminho);
  • Fazer uma boa análise da concorrência;
  • Identificar, corrigir os erros e implementar as otimizações;
  • Escolher e acompanhar as métricas de performance;
  • Produzir conteúdo em larga escala.

É perfeitamente possível desenvolver todas essas etapas só, mas pode ser inviável, dependendo do que você deseja colocar no ar e do que ainda tem para aprender. Para você ter uma noção, nem mesmo um profissional contratado para realizar um trabalho desses realizará todas essas tarefas sozinho.

Outros profissionais geralmente são necessários para que cada tarefa seja cumprida com maestria! Estes serão os três profissionais que eu recomendaria que você considere ter em sua equipe:

  • Consultor de SEO;
  • Redator Web Freelancer;
  • Designer Gráfico.

Eu, como Redator Web Freelancer, posso lhe assegurar que um dos itens que mais consomem esforço e tempo de uma estratégia de posicionamento é manter a frequência na produção de conteúdo relevante.

É justamente neste ponto que muitas empresas e empreendedores digitais pecam. Eles não conseguem ter ideias ou manter a consistência por tempo suficiente para que seu projeto ganhe força na internet.

Como você viu até aqui, o ideal é investir em sua estrutura para garantir retorno satisfatório no médio prazo, mas nem sempre esse será o melhor caminho.

É duro dizer, mas SEO não resolve o Problema de todo Mundo

Esse é outro mito vendido internet a fora, que otimizar seu site fará com que seu negócio dê um salto quântico de sucesso. Como falei no início desse artigo, isso já foi verdade no passado! Hoje em dia, não mais.

É sim, possível posicionar seu site para qualquer palavra-chave que você desejar, porém a perguntar certa a se fazer é: Você está disposto a investir dinheiro e o tempo necessário para isso?

Quando as pessoas não estão tentando posicionar para Palavras-Chaves altamente concorridas, estão tentando posicionar produtos que não tem margem de lucro sustentável.

O grande erro está no planejamento e não na execução! Ao planejar sua estratégia você deve identificar se realmente valerá a pena despender tempo, energia e dinheiro para focar em SEO.

SEO é uma estratégia de longo prazo, tenha isso bem claro. Enquanto ele não surte efeito, você precisa compensar sua aquisição de clientes por outros meios. Até é possível ter retorno com tráfego orgânico em curto prazo, mas não são todos os casos.

Você precisa considerar as seguintes questões para compreender quanto de energia valerá consumir em uma estratégia de posicionamento:

  • O Ticket Médio e margem de lucro do seu Produto;
  • As palavras que fariam a diferença posicionar seu projeto;
  • O nível da concorrência para o seu Mercado;
  • O esforço necessário para posicionar;
  • Os recursos que precisará;
  • O tempo de retorno.

Um exemplo de Mercado que não pode depender do SEO é o E-commerce, por diversos motivos. Um projeto de lojas virtuais geralmente se baseia em anúncios pagos para operar de forma saudável, pelo menos até atingir seu ponto de equilíbrio.

Vejo muitos empreendedores que apostam apenas no SEO para tocar seus e-commerces e não sobrevivem por muito tempo. Geralmente eles quebram sem nunca ter vendido nada!

Claro que deve-se sempre trabalhar para construir uma base de visitas orgânicas sólida, mas depender apenas delas é um risco que não se pode correr em algumas situações.

OK! Mas e se for um projeto de SEO Barato? Será que vale a pena?

“Cuidado! O Barato pode sair caro”

Quando se entende que o investimento financeiro pode ser parte fundamental para um projeto Digital, a primeira coisa que vem a mente é a outra ideia genial! “Vamos procurar a solução mais barata”.

Existem algumas decisões na vida em que o mais barato não irá resolver! Essa é uma delas. Na busca pelo mais barato, o que você provavelmente irá encontrar será:

  • Profissionais desqualificados e desatualizados;
  • Profissionais com promessas que não conseguirão cumprir;
  • Ferramentas de automatização e técnicas de otimização que podem fazer seu projeto voltar à idade da pedra.

Ao desenhar um projeto de otimização robusto para seu site, você precisará de:

  • Um planejamento estratégico;
  • Analisar a Concorrência;
  • Criar uma estratégia de Link Building;
  • Acompanhar as métricas de peformance;
  • Produzir conteúdo relevante com freqüência;
  • Saber aplicar isso tudo.

Como já vimos, esse processo é geralmente dividido em etapas e entre profissionais especialistas.

E qual a solução então? Vejamos 4 Dicas!

Você tem três opções!

  • Você pode aprender e efetuar todo o processo sozinho;
  • Você pode delegar esse trabalho a uma agência de Marketing Digital;
  • Ou você pode montar sua própria equipe de profissionais, como citei anteriormente.

Não existe melhor ou pior, mas sim a opção que caberá no seu orçamento e lhe garantirá resultados mais ou menos rápido. O investimento financeiro lhe dará velocidade, só isso!

Como lhe prometi um caminho no início dessa jornada, recomendo que comece explorando o mundo dos leigos de maneira consciente e desconfiada.

A partir de agora você começará a enxergar as informações e as promessas de outra maneira! 

Independente do nível de conhecimento que você tenha com Marketing Digital, busque por referências, conheça o que elas têm a lhe oferecer, mas escolha alguma metodologia para se aprofundar!

Comece com um Curso!

1. Faça um bom Curso de SEO

Comece com um Curso Grátis

O primeiro passo é você saber o que está fazendo, a maneira mais rápida de equilibrar o jogo é através de cursos digitais. Segue algumas opções:

Agora, se você está pronto para investir em um treinamento avançado de verdade, tenho duas recomendações a fazer:

  1. Se você trabalha com E-commerce e vendas online, esta é a opção perfeita.
  1. Se você trabalha com site institucional, corporativo ou blog, então precisará de uma pegada diferente:

O importante desses treinamentos é que eles irão te atender, mesmo que você queira aplicar o conhecimento em seu projeto ou trabalhar como um consultor.

Mas ainda falta um detalhe, as ferramentas! São elas que veremos agora!

2. Monte uma boa caixa de Ferramentas de SEO

Ter uma boa caixa de ferramentas é elemento básico para qualquer profissional, aqui não é diferente. Vejamos algumas opções;

Só essas ferramentas aí já dão para iniciar uma baita brincadeira! Ao contrário do que muitos pensam, as ferramentas em si não garantirão o sucesso de seu projeto, elas apenas irão facilitar, saber usá-las e interpretar suas informações é o que fará toda a diferença.

Não se prenda a ferramentas! 

Também escrevi um post dando diversas dicas para identificar os principais problemas de SEO cometidos por grande parte dos sites e corrigi-los em até 13 horas. Neste artigo indico outras ferramentas grátis para cada situação. Se desejar, só dar uma lida depois!

Continuando…

Você ainda terá as duas outras opções para desenvolver seu projeto. Vejamos algumas dicas!

3. Contrate uma agência especializada em SEO

A escolha de uma boa agência de Marketing Digital é um ponto crítico que os empreendedores costumam pecar quando resolvem delegar este serviço.

Um conselho básico que já vai te prevenir de cair em boas roubadas é evitar contratar agências que não aplicam no próprio site delas aquilo que irão lhe oferecer. É bem fácil encontrar sites de agências com uma apresentação ruim, com diversos erros básicos de SEO e que vedem esse serviço!

Outra grande dica que irá lhe ajudar bastante na hora da escolha é ter o mínimo de conhecimento para saber o que você irá pedir e entender o que eles irão lhe entregar.

Para isso, não deixe fazer os cursos!

4. Contrate Profissionais Freelancers e monte sua própria Equipe

O mesmo vale para os profissionais Freelancers. Busque avaliar sua apresentação e a qualidade dos seus trabalhos.

Verifique também se os profissionais são certificados e se sabem o que estão fazendo!

Conclusão

Otimizar um projeto online é uma tarefa essencial para qualquer Empreendedor Digital, mas o que você deve realmente se preocupar é o quanto de energia irá colocar nele e como irá geri-lo.

O SEO é grátis apenas se você tiver condições de cumprir com todos os requisitos do projeto, mas lembre-se que essa gratuidade será subjetiva. O tempo de ninguém é gratuito!

Se você curtiu esse artigo, então me ajude a compartilhá-lo nas suas redes sociais e aproveite para deixar seu comentário dizendo o que achou! Não se acanhe! ✌ 

Hamilton Gomes
Hamilton Gomes
Redator Web Freelancer e Consultor de Marketing Digital, especialista em estratégias de SEO para sites, Blogs e E-commerces. Apaixonado por um bom violão, apesar de suas habilidades limitadas!